O que é Melatonina?


Primeiramente, você sabe o que é Melatonina?
É um hormônio produzido naturalmente pelo nosso corpo, mais precisamente na glândula pineal que fica no cérebro. Uma de suas funções é induzir o sono, isso porque ela só é ativada quando a luminosidade do ambiente está baixa. Por isso a produção de melatonina ocorre no período da noite, estimulando o nosso sono.


Ela atinge seu nível máximo quando estamos dormindo e o nascer do sol com a volta da claridade, a glândula reduz a produção de melatonina, o que sinaliza que é o momento de acordar.

Para o que serve a Melatonina


Como já mencionamos, sua principal função é estimular o sono conforme a luminosidade do dia diminui, porém hoje em dia, temos muitos estímulos luminosos durante a noite com celulares, televisões, notebooks. E isso pode ocasionar uma produção menor ou irregular da melatonina em algumas pessoas.


Por isso, o consumo da melatonina é indicado para quem tem dificuldades para dormir. Seja por ter sono leve, insônia ou dificuldade para descansar. Contudo, é válido lembrar que ela não é responsável por tratar todos os motivos que levam à insônia. Afinal, o hormônio é responsável apenas pela indução do sono, o que não resolve todos os casos da doença.
Alguns fatores podem interferir na produção natural da melatonina, como: a idade, a exposição a fontes de luz, alguns medicamentos e também a cegueira.

Benefícios da Melatonina


Além da indução ao sono, a melatonina pode ser um poderoso antioxidante no corpo. Ou seja, ela auxilia no combate ao envelhecimento celular e alguns estudos também apontam que ela pode ajudar a prevenir certos tipos de câncer.


Outra função interessante da melatonina é a colaboração para perda de peso e controle da obesidade. Um estudo realizado pelo Departamento de Ciências Biomédicas da Universidade de Sassari na Itália, revelou que ela ajuda a inibir as células precursoras de gordura do corpo humano.


Mais um estudo realizado, também indicou que a melatonina pode ser usada contra enxaquecas. Desta vez, a Universidade de São Paulo (USP) descobriu que a substancia reduz substancialmente a recorrência de crises e sem ocasionar efeitos da amitripiptilina, por exemplo, como sonolência diurna, boca seca e ganho de peso.

Para quem a Melatonina é indicada


As pessoas com problemas de sono são as mais indicadas para o consumo de melatonina.

- Idosos costumam ter a melatonina mais baixa naturalmente. Isso porque o próprio organismo diminui a produção durante o passar dos anos.
- Pessoas que trabalham durante a noite e precisam dormir durante o dia
- Pessoas que só conseguem dormir e acordar mais tarde.
- Pessoas com alguns graus de cegueira. Pois devido à má percepção de luminosidade têm dificuldades em produzir o hormônio.

Melatonina para crianças


Em alguns casos, a melatonina é indicada para as crianças, como em situações onde a produção do hormônio é reduzida. Principalmente em casos de autismo, cegueira total ou alguma lesão neurológica.
Mas é essencial que a indicação seja feita pelo médico de acordo com a necessidade de cada criança.

Melatonina ajuda a emagrecer?


Muitos especialistas em endocrinologia explicam a importância do sono no emagrecimento.
Afinal, o que acontece é que durante um sono de qualidade, o corpo regulo os hormônios grelina e leptina, que são relacionados à saciedade.


Então, quando se tem um sono de baixa qualidade esses hormônios também sofrem uma alteração, induzindo a pessoa a comer mais até se satisfazer.
Ou seja, quem dorme melhor consegue controlar o peso e a melatonina pode ser uma aliada. Mas é válido ressaltar, que para obter resultados satisfatórios no emagrecimento, os fatores como alimentação regular e prática de atividades físicas são determinantes.

Como consumir a melatonina


Normalmente, a melatonina é receitada pelos médicos para tratamento de sono e indicada o consumo entre 3mg a 10mg por dia, entre 1 ou 2 horas de dormir.

Contraindicações da melatonina
A melatonina sintética é contraindicada para pessoas com histórico de angina e infarto.